© 2017 Todos os Direitos Reservados. Proibida cópia ou reprodução. AZ Publicidade

Eficiência na Desidratação

Exclusivo sistema de secagem com fluxo de ar quente que atravessa o tambor rotativo, tornando o processo de desidratação 300% mais eficiente, reduzindo o consumo de energia no processo.

Controle Eletrônico da Temperatura de Secagem

Todo o ciclo de desidratação  é controlado por um processador eletrônico, que monitora a temperatura ideal para o pré-cozimento, cozimento e secagem, melhorando significativamente a qualidade da farinha de carne produzida.

Sistema Automatizado

Todo o processo é automatizado, bastando o operador abastecer a máquina, acender o queimador e apertar o botão de partida, que o processo todo acontece de forma autônoma, desligando-se ao final do ciclo, inclusive apagando o fogo.

Qualidade no Processo

Mantém a palatabilidade e as características nutricionais da farinha de carne, pois neste processo não ocorre queima ou secagem excessiva do material, proporcionando boa aceitação da ração produzida.

Total Eliminação de Agentes Patogênicos

Como a temperatura no processo de pré-cozimento, cozimento e secagem, atingem até 250°C, não há agente patogênico que sobreviva a esta temperatura.

Baixo Custo Operacional

Tendo em vista que o combustível utilizado como fonte de calor é cavaco de madeira, lenha ou biogás, e, para movimentação é utilizado um moto redutor banhado a óleo com apenas 1,5CV, o custo operacional é baixíssimo.

Relação Custo x Benefício

Esta relação é extremamente viável, pois o sistema vai gerar uma receita a partir de um material que seria descartado. com isso a máquina se paga rapidamente.
 

Capacidade máxima de até 350 kg

Farinha de carne após o processo de desidratação